Neste concerto constituído pelo repertório canónico para órgão dos séc. XVII e XVIII - com especial destaque para a notável Fantasia Cromática de Sweelinck - teremos a oportunidade de ouvir uma verdadeira preciosidade histórica: um conjunto de variações a partir de Bach que Francisco de Lacerda escreveu em 1900 para entrar na classe de órgão de Charles-Marie Widor, um dos maiores organistas e professores de órgão parisienses.

11 SET


MM04 Terceira

Gustaaf van Manen


Obras de Bach, Bartolomeu de Olague, Francisco de Lacerda, Georg Böhm, Jan Pieterszoon Sweelinck e Johann Pachelbel.
Angra do Heroísmo
Igreja de Nossa Senhora da Guia
21h00



GUSTAAF VAN MANEN

Em 1980, radicou-se nos Açores, tendo sido professor convidado de piano e órgão do Conservatório Regional de Ponta Delgada, onde foi fundador do coro.

Em 1983, passou a integrar a equipa docente do Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, instituição de que foi eleito Presidente em 1999, cargo que ocupou até 2004, data da sua reforma.

De 1985 a 1998, lecionou a disciplina de Pedagogia da Música no Curso de Professores do Ensino Básico e de Educadores de Infância na Universidade dos Açores.

Desde 2016, é organista residente do Museu e Angra do Heroísmo, exercitando-se diariamente no órgão histórico da Igreja de Nossa Senhora da Guia, contribuindo para a preservação das qualidades tímbricas únicas deste instrumento histórico..